Ce site Internet utilise des cookies pour améliorer votre expérience de navigation. En continuant sur ce site, vous acceptez l'utilisation des cookies sur votre appareil tel que mentionné dans nos Informations sur les cookies.
Réserver maintenant
+55 7336325341
Réserver maintenant
  • DSC_1658-Pano_pt
  • DSC_1612

O Cacau

O chão de cacau que ocupa todo o sul da Bahia, é uma região quase do tamanho de um pequeno país. São noventa mil quilômetros quadrados que, abrangendo duas capitanias hereditárias - Ilhéus e Porto Seguro - refletem muito da história do Brasil. Os marcos da descoberta, como o Monte Pascoal, a Bahia Cabrália e a Coroa Vermelha aí estão como imagens vivas do mais antigo passado. E, se daí saíram as primeiras entradas brasileiras para o interior, também aí começou a exploração da terra. A mesma terra que permitiu a Pero Vaz de Caminha dizer em carta ao rei que "em se plantando tudo vinga".
O cacau, assim apontado na colônia, não se distenderia com rapidez até se converter em vértice do ciclo agrícola. A penetração, a aproveitar um solo e um clima organicamente feitos para ele, seria lenta por imposição da resistência da selva e das matas.
Daí teve origem a saga do cacau, tão bem contada nos livros dos escritores como Jorge Amado e Adonias Filho, que entre outros, concorreram para descrever o que é realmente um complexo de cultura regional. Existe em Ilhéus e região, em termos culturais, uma civilização tão diferenciada como a do café paulista, e a borracha amazônica.

Fermer